Ordem no Vasco é vencer para fugir do risco de queda

Vasco e Náutico fazem neste domingo, às 16 horas, em São Januário, jogo tenso em um confronto direto na luta contra o rebaixamento no Campeonato Brasileiro. Até o início da 25.ª rodada, os cariocas estavam em 14.º lugar, com 26 pontos, mesma pontuação dos pernambucanos, uma posição abaixo na tabela. Ambas as equipes estavam separadas da zona de descenso apenas por um ponto e precisam da vitória para encontrar alívio para trabalhar.Para o torcedor vascaíno, pelo menos, existem boas notícias. A principal delas é o retorno de Leandro Amaral de uma contusão no tornozelo esquerdo para refazer o ataque titular com Edmundo, recuperado de uma rinite alérgica. Leandro não atua há mais de um mês, desde o dia 10 de agosto, na goleada sofrida para o Vitória.As outras boas novas dão muitas opções ao técnico Tita. Com as regularizações do meia Pedrinho e do polivalante Johnny, ambos estão aptos a enfrentar o Náutico. Mas o treinador, em razão do pouco tempo de adaptação e preparação de ambos, já antecipou que eles irão começar o jogo no banco de reservas. É bem provável que façam suas estréias (reestréia no caso de Pedrinho) com a camisa vascaína no segundo tempo ou caso o time esteja precisando buscar a vitória.Tita está confiante em um bom resultado, além dos reforços, por conta da boa semana de treinamentos que teve em Teresópolis.Quem terá de esperar um pouco mais para retornar aos gramados é o zagueiro Fernando, ex-Flamengo. Tita quer dar um tempo maior de preparação ao jogador antes de colocá-lo em campo. Como o momento é crítico, também é uma forma de poupá-lo de possível pressão da torcida caso a partida não se desenvolva bem para os donos da casa.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.