Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr/Agência Corinthians

Organizada do Corinthians marca protesto contra diretoria e elenco

Gaviões da Fiel vai realizar manifestação nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, às vésperas do clássico com o Santos

Redação, O Estado de S.Paulo

05 de outubro de 2020 | 22h44

Principal organizada do Corinthians, a Gaviões da Fiel vai protestar contra elenco e diretoria nesta terça-feira, no CT Joaquim Grava, antes do clássico desta quarta com o Santos. A torcida cobra a contratação de um técnico, após a demissão de Tiago Nunes no dia 11 de setembro. Desde então, o treinador do sub-20 Dyego Coelho assumiu o comando da equipe de forma interina.

A organizada também cobra a contratação de reforços e fala em "falta de garra do elenco". "É perceptível que não estão se entregando e honrando a camisa dentro de campo", diz o comunicado divulgado na noite de segunda. 

O Corinthians está em 14º lugar no Campeonato Brasileiro, com 14 pontos, apenas dois a mais do que o Coritiba, o primeiro time da zona de rebaixamento. Na próxima rodada, a equipe alvinegra tem clássico com o Santos na Neo Química Arena, em Itaquera.

A diretoria avalia o trabalho de Coelho para saber se vai contratar um novo treinador ainda neste ano. Isso porque o presidente Andrés Sanchez tem mandato apenas até dezembro e pretende deixar para o próximo presidente escolher o treinador para 2021.

VEJA O COMUNICADO DA GAVIÕES

"Devido ao atual momento do Corinthians, convocamos a Fiel Torcida para um protesto no CT Joaquim Grava, nesta terça-feira (6), às 15 horas. Para facilitar, vamos disponibilizar ônibus saindo da nossa sede às 14h. 

Nossas principais reivindicações são:

1) A ausência de um técnico, pois após a saída do Thiago Nunes a diretoria não fez a reposição do treinador

2) A omissão da diretoria diante dos últimos resultados e a recorrência do descaso com o Corinthians. Além do técnico, também precisamos de reforços, é inaceitável a folha salarial que temos hoje, em comparação ao retorno em campo

3) A falta de garra do elenco, sabemos das limitações de alguns, mas é perceptível que não estão se entregando e honrando a camisa dentro de campo

Por isso, contamos com toda a torcida corinthiana que está insatisfeita com os fatos citados. Os últimos acontecimentos não condizem com um clube da grandeza do Corinthians."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.