Miguel Schincariol/Estadão
Miguel Schincariol/Estadão

Organizada do Corinthians teme confrontos pela cidade

Gaviões questiona FPF por jogos dos quatro grandes no domingo

O Estado de S. Paulo

14 de abril de 2015 | 16h20

Uma das principais torcidas organizadas do Corinthians, a Gaviões da Fiel, divulgou nota questionando a decisão da Federação Paulista de Futebol de realizar as semifinais do Paulistão no domingo. A uniformizada teme confrontos pela cidade de São Paulo. Corinthians e Palmeiras jogam no Itaquerão, e São Paulo e Santos se enfrentam na Vila Belmiro.

Segundo a Gaviões, 'há sim um risco que está sendo ignorado pelos responsáveis' pelo evento e existe a possibilidade de são-paulinos se encontrarem com torcedores de Corinthians e Palmeiras, que estarão transitando rumo ao Itaquerão. 

Até as quartas de final da competição, por questões de segurança, a Policia Militar recomendava que não houvesse jogos de três grandes clubes na capital paulista.

Na partida entre Palmeiras e Corinthians, dia 8 de fevereiro, que marcou o primeiro clássico do Allianz Parque, foi registrada uma grande briga entre palmeirenses e a PM nos arredores da nova arena. Dentro do estádio, membros de duas organizadas do Corinthians brigavam por um lugar para colocar a bandeira de sua facção.  

CONFIRA NOTA NA ÍNTEGRA

Na tarde de ontem (segunda 13/04), a Federação Paulista de Futebol anunciou as datas e horários das partidas válidas pelas semifinais do Campeonato Paulista .

Com a oficialização, a diretoria dos Gaviões da Fiel vem a público questionar o planejamento que visa a segurança dos torcedores, tendo em vista que os quatro principais times do estado jogarão em um único dia. Indo de encontro com as medidas adotadas até então, onde os jogos eram divididos entre sábado e domingo, a FPF achou por bem, que não há riscos de encontro entre torcedores de diferentes equipes.

Corinthians e Palmeiras se enfrentarão no Itaquerão, às 16 horas, enquanto o jogo entre Santos e São Paulo, será disputado na Vila Belmiro às 18:30. Embora exista a distância entre os estádios e a diferença nos horários das partidas, consideramos que há sim um risco que está sendo ignorado pelos responsáveis.

Boa parte do público que assistirá ao jogo no litoral, está situada na capital e, portanto, deverá sair de São Paulo com uma certa antecedência. No nosso entendimento, tal antecedência pode coincidir justamente com o horário em que torcedores de Corinthians e Palmeiras estarão transitando pela cidade, rumo à Itaquera.

A Diretoria dos Gaviões da Fiel, que sempre honrou com seus compromissos junto ao batalhão, com a finalidade de evitar eventuais acidentes, questiona esta mudança de planejamento por parte da Federação Paulista de Futebol e da Polícia Militar.

Deixamos claro nosso total compromisso em colaborar para que nenhum erro de planejamento possa ocasionar em qualquer tipo de conflito. Por fim, reiteramos que absolutamente nenhum ato de violência e/ou vandalismo, tem o consentimento ou estímulo de nossa diretoria. Qualquer incidente do tipo, é veementemente reprovada, e caso comprove-se o envolvimento de associados de nossa torcida, os mesmos poderão sofrer as devidas punições.

Desejamos a todos os torcedores, um ótimo jogo, e vai Corinthians!

Diretoria Gaviões da Fiel

Tudo o que sabemos sobre:
FutebolCorinthiansCampeonato Paulista

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.