JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Organizadas do Palmeiras farão protesto no domingo

Torcedores prometem ficar todo o primeiro tempo em silêncio

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

22 de maio de 2015 | 19h20

As principais torcidas organizadas do Palmeiras divulgaram nesta sexta-feira um comunicado onde avisam que passarão todo o primeiro tempo da partida contra o Goiás, domingo, às 11h, no Allianz Parque, em silêncio e sentados, como protesto pelo preço dos ingressos e outras críticas as decisões do presidente Paulo Nobre.

Além do valor dos bilhetes, os torcedores organizados criticam o aumento excessivo do Avanti, a não gratuidade para crianças assistirem a partida na arena, o preço excessivo para os visitantes e o fato do dirigente não aceitar sentar para conversar com eles.

Este protesto já foi feito na primeira rodada do Brasileiro, quando a organizada passou a partida inteira contra o Atlético-MG sem se manifestar. A atitude irritou os demais torcedores, que passaram a xingar a Mancha Alviverde, principal organizada do clube.

Confira o comunicado divulgado pelas organizadas

Informamos que continuaremos os nossos protestos quanto à politica de valores de ingresso implantada pela direção do clube. Abaixo segue tópico por tópico ao que estamos contrários:

- AUMENTO EXCESSIVO DO AVANTI: Os valores aumentaram em média até 60%. Isso é um absurdo. Querem explorar o torcedor. Entendemos que o clube precisa aumentar sua receita e estamos dispostos a ajudar, mas a salvação financeira do clube não pode achar que é a bilheteria. Tem outros meios não explorados pela diretoria para aumentar a receita, uma ação de marketing voltada para a massa torcedora residente no Norte, Nordeste e Sul do país por exemplo.

- NÃO GRATUIDADE PARA CRIANÇAS: Isso é outro ato absurdo da diretoria. Hoje até criança de colo, que não ocupa cadeira, tem que pagar para poder entrar no estádio. Entendemos, que as nossas crianças são o futuro do Palmeiras, e o clube tem que estar mais próximo e acessível a elas, pois quando adultas, são elas que irão gastar parte do seu salário com o Palmeiras, bem como fará parte do número da audiência da tv e/ou pay per view que trará retorno financeiro ao clube. Pedimos GRATUIDADE para todas as crianças até os 10 anos. Conselheiros e puxa-saco ganham ingressos e crianças tem que pagar. Absurdo!!!

- PREÇO EXCESSIVO PARA VISITANTES: Esse preço excessivo para torcidas visitantes acabam prejudicando a torcida do Palmeiras, pois muitos viajam e acompanham o time onde ele joga e acaba sendo retalhado no valor do ingresso. E os torcedores do Palmeiras locais que esperam uma vez no ano para assistir o jogo do Palmeiras acaba também sendo prejudicados, pois pagará muito caro devido a essa política. Quem não viaja e acompanha o clube ou quem não mora em outras regiões fora de São Paulo não liga para o valor cobrado para o preço visitante no Allianz Parque, mas muitos torcedores apaixonados do Palmeiras estão sendo prejudicados e pedimos uma solução.

- PREÇO DE INGRESSO A R$ 80,00: Entendemos, que no estádio tem que haver um setor para os menos abastados financeiramente pois o Palmeiras é de todos, e todos os torcedores são importantes. Na situação econômica atual do país, o valor mínimo do ingresso que entendemos ser o mais justo é R$ 50,00.

Domingo, o Palmeiras jogará contra o Goiás e faremos novamente o nosso protesto. No 1º tempo ficaremos sentados, assistindo o jogo. No segundo tempo, soltaremos a nossa voz, cantaremos e empurraremos o time, faremos a festa que sabemos fazer.

Mostraremos com isso a diferença do que eles querem que o estádio se torne, ou seja, uma plateia de teatro, ou de uma partida de tênis com o que de fato as arquibancadas têm que sempre ser uma arquibancada pulsante, vibrante, fazendo da nossa casa um verdadeiro caldeirão.

Estamos para ajudar o time e o clube, sabemos que os tempos são outros, a modernidade está aí, mas temos que DIALOGAR, para que JUNTOS encontremos uma solução para atender a demanda de todos os seus torcedores.

Lembre-se que não há estádio considerado “caldeirão” sem suas torcidas cantando e fazendo festa na arquibancada. E lembre-se, que o torcedor organizado também é um dos que consome os produtos do Palmeiras, pay per view, avanti e principalmente ingressos.

Não tem como admitir que em nossa Arena que não temos que pagar nada por ela (visto que o retorno para WTorre se da em eventos) ter os ingressos mais caros do Brasil a ponto de o Palmeirense pagar mais do que o torcedor do Borussia Dortmund. Continuaremos protestando e continuaremos querendo dialogar. A união da torcida, da diretoria e dos jogadores e comissão técnica é a receita do sucesso.

MANCHA ALVI VERDE 

TUP - SAVÓIA – PORKS – CAMORRA - RASTA.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.