Orixás são convocados para ajudar o Bahia

Como nem a ajuda de Senhor do Bonfim, o santo de maior devoção dos baianos, tem ajudado o Bahia a se afastar do rebaixamento, o presidente do clube, Marcelo Guimarães depois da derrota de domingo para o Criciúma, anunciou que convocará todos os orixás para tentar salvar o time do rebaixamento. Além da difícil missão de vencer o Cruzeiro, o time baiano precisa que seus adversários diretos na luta para escapar da degola percam os jogos. "Vou conversar com minha mãe-de-santo pois chegamos a uma situação crítica", disse Guimarães como se tivesse encontrado a fórmula da salvação. De fato, além de jogar mal a má-sorte e erros de arbitragem têm ajudado o Bahia a se aproximar cada vez mais da Segundona. Diante do Criciúma, o time começou muito bem. Danilo abriu o placar com um belo gol, mas logo depois o juiz Elvécio Zequetto (MT) marcou um pênalti contra o Bahia numa disputa de bola pelo alto entre o lateral Cícero e um atacante. O pior viria logo depois quando o juiz expulsou Danilo que, com um palavrão, reclamou de ter a camisa rasgada pelo meia Douglas. O catarinense recebeu amarelo e Danilo a "vítima" do lance o vermelho. Depois foi a vez da defesa mais uma vez entregar o jogo. O técnico Edinho Nazareth reclamou muito da arbitragem, sem entender como um árbitro sem experiência foi escalado para uma partida tão importante.Apesar do clima negativo, o ambiente entre os jogadores é de lutar até o fim contra o rebaixamento. "Precisamos ganhar em casa e torcer contra os adversários", resumiu o atacante Didi. Fora o pedido de ajuda aos orixás, a direção do Bahia também tomou algumas providências administrativas para encher o Estádio da Fonte Nova na esperança que o apoio da torcida seja fundamental para o time derrotar o campeão brasileiro.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.