Alex Silva|Estadão
Alex Silva|Estadão

Osasco Audax nega que negociações de atletas atrapalhem preparação

Para a diretoria, elenco está focado na final e não em transferências

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

04 de maio de 2016 | 07h00

A chegada à decisão do Campeonato Paulista também trouxe um desafio extra na preparação do Osasco Audax para enfrentar o Santos pela conquista do título. O elenco convive com especulações da saída de jogadores, situação que para a diretoria do clube não atrapalha o foco e a concentração para a final, principalmente por significar o reconhecimento do trabalho.

O meia Tchê Tchê, por exemplo, acertou com o Palmeiras, enquanto o meia Camacho e o atacante Bruno Paulo negociam transferência para o Corinthians. "Essas notícias fazem parte do futebol. Isso não muda nada para nós. De um elenco com 28 jogadores, termos três ou quatro com propostas é absolutamente normal", explicou o presidente do Osasco Audax, o ex-volante Vampeta.

O dirigente afirmou que confia na concentração dos atletas para pensar na decisão. A maioria do elenco tem contrato somente até o fim da disputa do Campeonato Paulista, embora o clube admita a dificuldade para manter a base para o segundo semestre, quando o Osasco Audax vai disputar o Campeonato Brasileiro da Série D. Segundo Vampeta, será necessário refazer o planejamento e montar o elenco.

"Nós estamos felizes que os jogadores estejam interessando a outras equipes. Isso será ótimo para a carreira deles", afirmou o presidente. O próprio plantel já se prepara para a decisão em clima de despedida. "Temos que viver tudo ao máximo nesta semana, como a nossa parceria, a nossa amizade e tudo aquilo que a gente semeou. Infelizmente é um ciclo que se acaba. Muita gente vai sair, mas teremos coisas boas no futuro", comentou o goleiro Sidão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.