Osasco Audax vence Comercial e passa Corinthians na classificação do grupo

Time chega aos 23 pontos e em terceiro lugar no Grupo B, sonhando com a segunda vaga

AE, Agência Estado

18 de março de 2014 | 21h52

RIBEIRÃO PRETO - A situação do Comercial complicou de vez no Paulistão. Na noite desta terça-feira, pela penúltima rodada do campeonato, foi derrotado pelo Audax por 3 a 0, no Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto, e já não depende mais das próprias forças para evitar o rebaixamento.

Ainda com apenas 11 pontos, precisa vencer o XV de Piracicaba fora de casa no próximo domingo, além de torcer por uma derrota do Linense, que possui 13 pontos e enfrenta o próprio Audax, em Osasco.

O Audax, por sua vez, chegou aos 23 pontos nesta terça-feira e, em terceiro lugar no Grupo B, ainda sonha com a segunda vaga, já que o vice-líder Ituano tem 25 e vai receber o Penapolense em Itu. O time de Osasco ainda derrubou o eliminado Corinthians, com 21, para a quarta posição da chave.

Como de costume, o Audax começou o jogo valorizando a posse de bola e trocando muitos passes, principalmente no seu campo de defesa. Melhor no jogo, conseguiu abrir o placar aos 18 minutos, quando Matheus foi lançado, fez uma boa jogada individual e bateu na saída do goleiro Marcelo Henrique.

O gol parece ter assustado o time de Ribeirão Preto, que se perdeu em campo. Assim, viu o Audax ampliar aos 24 minutos. No lance, Rafinha foi lançado, Marcelo Henrique saiu mal do gol e o atacante tocou por cima do goleiro, fazendo um lindo gol.

Melhor no segundo tempo, o Comercial voltou com mais força ofensiva, tentando de todos os lados chegar ao seu primeiro gol. Mas, numa noite que parecia nada dar certo, não conseguiu balançar as redes, se complicando ainda mais nesta reta final do Paulistão. Melhor para o Audax, que, já aos 44, fez o terceiro gol com Marquinhos.

FICHA TÉCNICA:

COMERCIAL 0 X 3 AUDAX

COMERCIAL - Marcelo Henrique; Graffite, Edimar, Luiz Eduardo e Wilian Simões; Xaves, Levi Silva, Patrick (Edson Santos) e Mateus Borges (Clebinho); João Henrique (Leandrinho) e Marcelo Toscano. Técnico - Vágner Benazzi.

AUDAX - Felipe Alves; Velicka, João Paulo, Marquinhos e Didi; Francis, André Castro (Nenê Bonilha), Matheus (Diego) e Carlos Magno; Rafinha e Denilson (Nadson). Técnico - Fernando Diniz.

GOLS - Matheus, aos 18, e Rafinha, aos 24 minutos do primeiro tempo; Marquinho, aos 44 minutos do segundo tempo.

ÁRBITRO - Welton Orlando Wohnrath.

CARTÕES AMARELOS - Edimar, Luiz Eduardo, Patrick, Willian Simões, Matheus Borges e Leandrinho (Comercial); André Castro e Matheus (Audax).

RENDA E PÚBLICO - Não disponíveis.

LOCAL - Estádio Palma Travassos, em Ribeirão Preto (SP).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.