Eduardo Nicolau/AE
Eduardo Nicolau/AE

Oscar jura que só pensa na Olimpíada

Camisa dez da seleção, no entanto, confirma negociação com o Chelsea, da Inglaterra

Mateus Silva Alves, O Estado de S.Paulo

23 de julho de 2012 | 09h33

SAINT ALBANS - Não é fácil a situação que vive Oscar. Às vésperas do início dos Jogos Olímpicos de Londres, em que ele terá a responsabilidade de usar a camisa dez da seleção, o meia espera pelo desfecho de sua venda para o Chelsea, campeão europeu. Apesar disso, Oscar garante que está completamente concentrado no jogo contra o Egito, quinta-feira, em Cardiff.

“Eu sou muito tranquilo, é meu jeito”, comentou o jogador, ainda do Internacional. “Já aconteceram muitas coisas comigo e assim mesmo eu tenho jogado normalmente. Essas coisas que acontecem foram de campo não têm me atrapalhado em nada.”

O meia deu uma entrevista coletiva na manhã desta segunda-feira na concentração da Seleção e, como era de se esperar, ouviu muitas perguntas sobre o Chelsea. Embora tenha admitido que está constantemente em contato com seu empresário, Giuliano Bertolucci, ele disse que não tem muito a dizer sobre o assunto.

“Existe uma negociação, mas quem cuida disso é meu empresário, não tenho muitas informações sobre isso”, falou Oscar. “Se eu for para o Chelsea será um sonho, pois é um grande clube, mas se não der certo vou continuar meu trabalho normalmente no Inter.”

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.