Oscar marca dois, mas Chelsea cede empate à Juventus

Em sua primeira partida como titular do Chelsea, o meia Oscar foi o principal nome do empate por 2 a 2 diante da Juventus, nesta quarta-feira, em Londres, pela estreia das equipes no Grupo E da Liga dos Campeões da Europa. Ele marcou os dois gols do time inglês, que abriu 2 a 0 no placar mas acabou permitindo o empate.

AE, Agência Estado

19 de setembro de 2012 | 17h44

Foi a primeira partida da Juventus na Liga dos Campeões desde a temporada 2009/2010, e logo diante dos atuais campeões da competição, que venceram o Bayern de Munique na decisão da última edição.

O Chelsea ficava mais com a bola no começo da partida, mas nos contra-ataques a Juventus criava as principais chances. Como tinha dificuldade em chegar à área adversária, a equipe inglesa começou a arriscar de longe e assim abriu o placar, aos 31 minutos. O meia brasileiro Oscar bateu da intermediária, a bola desviou e enganou Buffon.

Não deu nem tempo para respirar e aos 33 minutos o mesmo Oscar marcou mais um, desta vez um golaço. Ele recebeu de Ashley Cole, dominou já tirando da marcação e bateu novamente de fora da área. A bola saiu com curva e entrou no ângulo esquerdo da Juventus.

Os dois gols não abalaram a Juventus, que foi para cima e passou a dominar o confronto, até que aos 38 minutos diminuiu. Vidal recebeu de Marchisio pelo meio, tirou a marcação e bateu rasteiro no canto esquerdo de Cech para marcar o primeiro e fazer o time italiano ir para o vestiário perdendo por 2 a 1.

No segundo tempo o ritmo diminuiu e o cenário se inverteu. A Juventus ficava com a bola no campo de ataque e desta vez era o Chelsea que tentava explorar os contra-ataques. Em um deles, Juan Mata, que havia acabado de entrar no lugar de Oscar, recebeu de frente para o gol, mas chutou para fora a melhor chance da etapa final até então.

Não demorou muito para que o time inglês fosse castigado. Apenas um minuto depois, a defesa tentou fazer linha de impedimento, mas errou e deixou Quagliarella receber passe de Marchisio livre, de frente para Cech. O italiano só teve o trabalho de tocar entre as pernas do goleiro e empatar. O próprio Quagliarella quase virou o placar, mas acertou o travessão aos 41 minutos.

Na outra partida do Grupo E, o Shakhtar Donetsk contou com dois gols de Mkhitaryan para vencer o Nordsjaelland, da Dinamarca, por 2 a 0, em casa. Desta forma, os ucranianos assumiram a liderança isolada da chave, com três pontos, enquanto Chelsea e Juventus têm um cada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.