Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Osorio assume a culpa pela segunda derrota do São Paulo no Morumbi

Time tricolor é surpreendido pelo Ceará, lanterna da Série B

GONÇALO JUNIOR, O Estado de S. Paulo

21 de agosto de 2015 | 07h17

O técnico Juan Carlos Osorio isentou os jogadores do São Paulo de culpa pela derrota de 2 a 1 para o Ceará na noite desta quarta-feira, no jogo de ida das oitavas de final da Copa do Brasil, no Morumbi. E ainda elogiou os atletas.

"Estou muito orgulhoso de meus jogadores, porque é muito difícil jogar com a defesa tão para frente como nós, contra times que jogam por uma bola. Em qualquer parte do mundo, há times que recuam e jogam dessa forma. No Brasil é o mesmo", afirmou o colombiano em entrevista coletiva após a partida. "Temos de converter nossas finalizações", disse o treinador.

Com a derrota, o São Paulo precisa vencer o Ceará por dois gols de diferença na semana que vem, fora de casa, para avançar às quartas de final. Essa foi a segunda derrota consecutiva do São Paulo em casa. No sábado, pelo Campeonato Brasileiro, a equipe perdeu para o Goiás, por 3 a 0.

Nos dois jogos, no sábado e nesta quinta-feira, Osorio assumiu a responsabilidade pelo resultado negativo. "Sempre tenho esse costume. Assumo as derrotas, porque é normal, coloco os jogadores em cada escalação. Então assumo, mas sabíamos do Ceará, que não tinha nove jogadores por jogar em outros times, creio que não surpreenderam com isso. Criamos suficientes jogadas de gol, mas não concretizamos", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.