JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Osorio avisa à diretoria do São Paulo que está de saída do clube

Técnico colombiano vai assumir o comando da seleção mexicana

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

06 de outubro de 2015 | 14h22

O técnico Juan Carlos Osorio comunicou nesta terça-feira à diretoria do São Paulo que está de saída do clube. O colombiano aceitou a proposta para dirigir a seleção mexicana e nesta quarta vai se despedir dos jogadores na reapresentação do elenco no CT da Barra Funda.

Osorio estava há quatro meses no cargo e desejava continuar até o fim do ano, mas diante da insistência dos mexicanos para que iniciasse o trabalho imediatamente, o colombiano deixa o São Paulo. O técnico de 54 anos terá a chance de dirigir uma seleção nacional pela primeira vez e terá a oportunidade de realizar o sonho de disputar uma Copa do Mundo.

Quem vai assumir interinamente o cargo é o coordenador técnico Milton Cruz. Funcionário do clube desde 1994, ele ocupou a função durante dois meses entre abril e junho deste ano, período entre a saída de Muricy Ramalho e a contratação de Osorio, que veio do Atlético Nacional, de Medellín.

Osorio comandou o São Paulo em 28 partidas, com 12 vitórias, sete empates e nove derrotas. O aproveitamento dos pontos é de 51%. O colombiano deixa o São Paulo na quinta colocação do Campeonato Brasileiro e na semifinal da Copa do Brasil.

A saída do treinador se deu em um dia bastante conturbado no clube do Morumbi. O presidente Carlos Miguel Aidar demitiu o vice de futebol Ataíde Gil Guerreiro após uma ríspida discussão. Ataíde era o membros da diretoria que mais tinha afinidade com o treinador. Em solidariedade à saída, também deixou o comando do São Paulo o diretor de futebol Rubens Moreno.

Segundo o jornal mexicano Record, Osorio deve viajar ao país ainda nesta semana e no sábado acompanhar a partida entre a seleção local e os Estados Unidos, em Los Angeles. O confronto reúne os dois últimos campeões da Copa Ouro e vale uma vaga direta na Copa das Confederações de 2017, na Rússia.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.