Divulgação
Divulgação

Osorio conquista Rogério Ceni: 'Será top na América do Sul'

Capitão ainda compara novo treinador a Mourinho e Guardiola

MARCIUS AZEVEDO, O Estado de S. Paulo

14 de junho de 2015 | 08h53

O técnico Juan Carlos Osorio superou o primeiro passo para alcançar o sucesso no São Paulo. Após menos de 15 dias no clube e duas vitórias (contra Grêmio e Chapecoense), o colombiano já conta com total aprovação do goleiro e capitão Rogério Ceni.

Depois da vitória em Chapecó, no sábado, o jogador elogiou bastante o treinador pela postura da equipe. Mesmo perdendo peças importantes que foram trabalhadas na semana - Paulo Henrique Ganso (dores no músculo adutor da coxa direita) Denilson e Centurión (problemas particulares), além de Rodrigo Caio (negociado com o Valencia) -, Osorio soube armar o time.

"A gente tinha treinado a semana inteira com outros três jogadores que sairiam como titulares e perdemos de última hora, junto com o Rodrigo Caio. Acho muito legal dos que entraram se doaram ao máximo, mostra a força de um grupo. Wesley entrou disputando todas as bolas", avaliou o goleiro.

A postura dos jogadores, segundo Rogério Ceni, passa pelas mãos de Osorio. "Isso vai muito da parte motivacional do nosso treinador. Ele é um cara muito especial. Ele tem o carinho de todos, muito fácil de lidar. Cara que cobra muito, que exige que cada um deixe o seu melhor em campo. Pessoa muito equilibrada, diria que para América do Sul, esse cara é um top na lista ao menos do que eu conheço. Cara diferenciado. Cara muito especial. O que caras como Mourinho e Guardiola representam na Europa, ele será top na América do Sul", discursou.

O capitão comentou ainda sobre os trabalhos na semana. "Ele tem participação nessa questão de motivação de todos se sentirem iguais. A cada treino, você vai rodando. Dez minutos com um jogador, dez minutos com outro. Todos vão se sentindo parte da equipe, parte da posição. Muito legal por parte daqueles que entraram e talvez não tivessem a parte tática tão afinada como os demais, mas que ajudaram muito e disputaram todas as bolas e se doaram, porque o trabalho do Osorio motiva isso."

Depois de conquistar duas vitórias sob o comando do técnico Juan Carlos Osorio, o São Paulo entra novamente em campo no próximo domingo, no Morumbi, para enfrentar o Avaí.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.