Darren Staples/ Reuters
Darren Staples/ Reuters

Osorio festeja vitória sobre a Rússia e enaltece coragem de jogadores mexicanos

Equipe eliminou anfitriões de virada e se classificou para a semifinal da Copa das Confederações

Estadão Conteúdo

24 de junho de 2017 | 19h34

O técnico da seleção do México, Juan Carlos Osorio, classificou a vitória de virada por 2 a 1 sobre a anfitriã Rússia, neste sábado, em Kazan, que garantiu o país latino-americano entre os semifinalistas da Copa das Confederações, como muito importante para o futebol do país. O treinador elogiou os jogadores e valorizou o desempenho do adversário.

"Sabíamos que seria um jogo muito difícil contra um rival, primeiro, anfitrião e, segundo, com a necessidade imperativa de sair com a vitória. Merecemos ganhar e estamos muito contentes com o resultado e o rendimento da equipe. Creio que o México está se acostumando a competir cada vez mais em diferentes cenários e que eram estranhos para nós", destacou Osorio em entrevista coletiva após a partida.

Osorio ressaltou a combatividade dos jogadores mexicanos e a resiliência que os caracteriza. "É algo que sente o jogador mexicano e com o qual nos identificamos plenamente. E é a decisão de competir até o final, de jogar com veemência, com virilidade", enfatizou o treinador mexicano.

A ênfase na coragem dos jogadores na fala de Osorio teve referência especial ao atacante Hirving Lozano, de 21 anos, que colocou a própria integridade física em risco ao dividir uma bola com o goleiro Akinfeev e marcar o gol da virada mexicana. O atleta frisou que o grupo continuará focado para conquistar o título da competição. "A Rússia é uma boa equipe e nos levou a uma partida muito difícil. Não deixaremos de trabalhar duro. Veremos o que podemos fazer na semifinal", disse Lozano.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.