Clayton de Souza/Estadão
Clayton de Souza/Estadão

Osorio nega chance de sair e diz que objetivo é o 4º lugar do Brasileirão

Treinador criticou diretoria pela perda de oito atletas na última janela

Gonçalo Junior, O Estado de S. Paulo

11 de setembro de 2015 | 13h14

O técnico Juan Carlos Osorio descartou a possibilidade de deixar o São Paulo. Apesar dos oito atletas que o time perdeu na janela de transferências, das críticas que vem recebendo pela ofensividade e dos boatos sobre sua saída iminente, o treinador afirmou que não pensa em sair. "Este é o meu trabalho e meu clube. Meu coração está aqui", afirmou o treinador em entrevista coletiva na tarde desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

O treinador garante que o foco central é preparar a equipe para a partida contra o Grêmio, domingo, em Porto Alegre, pela 25ª rodada do Campeonato Brasileiro. Segundo Osorio, o rival é um dos três melhores times do País.

"O título do Campeonato Brasileiro deverá ser decidido entre Corinthians, Atlético Mineiro e Grêmio. Estamos disputando a quarta vaga ao lado de Flamengo, Santos e outros clubes", afirmou Osorio. "Temos uma grande oportunidade diante do time que é um dos melhores do Brasil hoje", disse o treinador.

A escalação novamente não foi revelada. O São Paulo conta com o retorno dos zagueiros Lucão e Breno, do lateral Carlinhos e do volante Rodrigo Caio. Por outro lado, a volta de Rogério Ceni não está confirmada. O goleiro luta para se recuperar de uma lesão muscular na coxa direita.

"Sempre levo em conta a opinião do departamento médico, mas todos conhecemos a decisão dele em seu último ano como profissional. Precisamos que se recupere 100% antes de voltar ao time", disse o treinador.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.