Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Osorio cobra mais pontaria dos atacantes do São Paulo

Técnico colombiano está preocupado com as chances perdidas

Ciro Campos, O Estado de S. Paulo

31 de julho de 2015 | 07h00

Até o clássico com o Corinthians, pelo Campeonato Brasileiro, o grande trabalho do técnico Juan Carlos Osorio no São Paulo será melhorar o poder de finalização do time. A derrota para o Atlético-MG deixou o colombiano bastante preocupado pelo excesso de chances perdidas nos 3 a 1 sofridos em Belo Horizonte.

Com quase dez dias de preparação para o clássico, o time vai ter tempo para tentar evoluir em um fundamento. "O mais importante é conseguir fazer o primeiro gol. Temos que trabalhar mais na nossa eficácia", comentou o treinador logo após a derrota no Mineirão, pelo Campeonato Brasileiro.

"Tivemos quatro oportunidades nos primeiros 20 minutos, mas não concluímos", acrescentou Osorio. O resultado negativo manteve a equipe na quinta posição e reforçou o aproveitamento ruim do São Paulo como visitante no campeonato. Em oito partidas, foram seis derrotas, duas vitórias e somente seis gols marcados. Desses tentos, quatro foram contra o frágil Vasco, em Brasília.

Os 23% de aproveitamento como visitante atrapalham o time subir na tabela, mesmo que em casa a equipe tenha conquistado 83% dos pontos. "A nossa maior preocupação são os erros de finalização. Criamos chances de gol e não concluímos contra o Atlético-MG. Temos dez dias para arrumar isso".

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.