Alex Silva/Estadão
Alex Silva/Estadão

Osorio reclama do elenco do São Paulo e deve diminuir rodízio

Treinador afirma que os jogadores não estão no mesmo nível

Gonçalo Junior, O Estado de S.Paulo

28 Agosto 2015 | 15h46

O técnico Juan Carlos Osorio deve diminuir o rodízio de atletas do São Paulo nos próximos jogos. O motivo não é um recuo depois das críticas às mudanças constantes que ele faz na equipe. Osorio afirma que não tem peças de qualidade para implantar um dos principais pilares de sua filosofia de trabalho.

Quando perguntado se incluiria os garotos João Schmidt e João Paulo no rodízio, o treinador foi direto. “(João Paulo) Centroavante rápido, mas sem futebol aéreo, assim é difícil. Estou tratando de colocar ele em outra posição”, disse o treinador em entrevista coletiva na manhã desta sexta-feira, no CT da Barra Funda.

“Quando o elenco é forte, é muito mais fácil para escalar um time e fazer um rodízio. Agora é difícil. Com todo respeito ao elenco, alguns jogadores não estão no mesmo nível. Preocupa isso porque alguns estão cansados. Mas agora não tenho como fazer o rodízio”, ressaltou o treinador. 

Desde que assumiu o São Paulo em junho, Osorio perdeu oito jogadores, entre eles, três titulares. Em relação ao futuro, o treinador se limitou a dizer que depende dos resultados. “Quando alguém pergunta para mim se meu futuro está no São Paulo, eu contesto. O futebol vive de resultados, e o futebol brasileiro ainda mais”.  

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.