Rubens Chiri/Divulgação
Rubens Chiri/Divulgação

Osorio projeta mudança de objetivo se Pato deixar o São Paulo

Técnico acredita que equipe perderá muita força sem o atacante

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

30 Agosto 2015 | 07h00

A possibilidade de Alexandre Pato permanecer no São Paulo é tão pequena que o técnico Juan Carlos Osorio já começa a pensar no futuro da equipe na temporada sem o jogador, que pode sacramentar sua transferência para o futebol europeu hoje. O treinador admite que sem o atleta, considerado por ele o melhor atacante do Brasil, os objetivos do Tricolor mudam.

“Acho que vai ser muito difícil competir contra as equipes grandes sem o nosso melhor atacante. Melhor no sentido, que mais influi no jogo e no placar. Pato tem qualidade para ser importante no jogo. Essa é a grande diferença dele para muitos outros jogadores”, disse o treinador. 

Osorio admite que vê com surpresa o fato de Pato atuar no futebol brasileiro. “Ele é o melhor atacante do futebol brasileiro no Brasil e acho impossível que ele não receba oferta da Europa. Difícil entender que ele jogue aqui no País”, completou.

Pato tem contrato com o Corinthians até julho do ano que vem e está emprestado ao São Paulo até dezembro. O time alvinegro já deu aval para que o negócio seja concretizado e o atacante tem propostas do Tottenham e do Manchester United. 

O fato é que a diretoria do Corinthians sabe que, caso não faça negócio agora com o jogador, ele tem grandes chances de assinar um pré-contrato com outro clube no fim do ano ou até mesmo acertar com o São Paulo para ficar em definitivo. O salário do jogador, de R$ 800 mil mensais, é pago dividido igual entre os dois clubes e o Alvinegro quer se livrar dessa dívida, mas ao mesmo tempo não gostaria de deixá-lo no rival. 

Caso seja confirmada a transferência, o atacante seria o oitavo jogador que deixa o São Paulo desde a chegada de Osorio. Já saíram, Rafael Toloi, Paulo Miranda, Denilson, Souza, Boschilia e Jonathan Cafu. Além disso, Doria não teve o empréstimo renovado e Ewandro foi emprestado ao Atlético-PR. 

Se perder o seu principal atacante, Osorio ficará com Luis Fabiano e Centurion como prováveis titulares, além de Alan Kardec, que está voltando ao time após grave lesão e o jovem João Paulo.

MAIS RESPONSABILIDADE

Pelo jeito não é só o treinador que já pensa no time tricolor sem Pato. Os jogadores também admitem que a saída do atacante fará com que eles tenham ainda mais responsabilidade, principalmente os jogadores de maior destaque.

“A gente torce para ele ficar até o final do ano. Se sair, será uma perda grande, e todos nós teremos mais responsabilidade para manter o time na ponta da tabela”, disse o meia Ganso, em entrevista à ESPN Brasil. 

Enquanto espera pela decisão sobre Pato, Osorio já prepara a equipe para o jogo contra o Joinville, fora de casa, na quarta-feira. O volante Hudson, que atuou na lateral-direita, está suspenso pelo terceiro cartão amarelo. Bruno, que cumpriu suspensão, deve voltar para sua posição e o goleiro Rogério Ceni, com dores na coxa direita, será reavaliado. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.