Osvaldo espera dar volta por cima na Inter de Milão

Depois de passagens apagadas por Southampton e Juventus, atacante espera voltar para a seleção italiana nesta temporada

Estadão Conteúdo

07 de agosto de 2014 | 12h25

Novo reforço da Inter de Milão, o atacante Pablo Osvaldo espera deixar para a trás a difícil temporada passada, que o acabou deixando fora da seleção italiana que disputou a Copa do Mundo no Brasil. Osvaldo foi apresentado pela Inter nesta quinta-feira, um dia depois da troca por empréstimo com o Southampton, que recebeu o meia argelino Saphir Taider.

"É uma honra estar em um clube como a Inter", disse Osvaldo. "Estou muito feliz e mal posso esperar para a temporada começar. Quando um clube como a Inter chama, acho que nenhum jogador tem qualquer dúvida", acrescentou. "O ano passado foi um em particular. Eu tenho muita vontade de voltar ao meu nível e provar a mim mesmo com esta camisa". 

Osvaldo foi contratado pela Juventus por empréstimo em janeiro, após um período conturbado na Inglaterra, onde foi suspenso pelo Southampton na sequência de uma briga durante um treinamento com seu companheiro José Fonte, que teve o nariz quebrado pelo atacante.

Na Juventus, disputou 11 partidas, quase todas elas saindo do banco de reservas, e marcou apenas um gol na campanha que rendeu o título do Campeonato Italiano. Antes, no Southampton havia marcado três gols depois de chegar ao clube em agosto, da Roma, adquirido por 15,1 milhões de euros (aproximadamente R$ 46 milhões).

Já na temporada anterior, fez 16 gols em 25 partidas do Campeonato Italiano pela Roma. "Eu nunca olho para o passado, eu olho para o futuro", disse Osvaldo. "Foi difícil me adaptar ao futebol inglês no início e, em seguida, é sempre difícil chegar a uma equipe no meio da temporada. Além disso, eu não joguei tanto porque tinha jogadores como Fernando Llorente e Carlos Tevez na minha frente", completou Osvaldo, esperançoso em ter mais sucesso na Inter.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.