Sergio Castro/Estadão
Sergio Castro/Estadão

Osvaldo promete 'dar a vida' no São Paulo por vaga na Libertadores

Atacante diz que coloca 'o coração na ponta da chuteira' quando entra em campo pelo Tricolor

AE, Agência Estado

15 de abril de 2013 | 14h54

SÃO PAULO - Com o São Paulo obrigado a vencer para ter chances de ir às oitavas de final da Copa Libertadores, o atacante Osvaldo afirmou nesta segunda-feira que "dará a vida" pelo time no jogo diante do Atlético-MG, na quarta, às 22 horas, no Morumbi.

"Sou um jogador que quando visto a camisa do São Paulo, coloco o coração na ponta da chuteira. Dou a vida para ganhar e até no treinamento não paro de correr. Não jogo, não é diferente e vamos jogar com vontade e raça", ressaltou o atleta, em entrevista coletiva concedida nesta segunda-feira no CT da Barra Funda.

"Vamos dar a nossa vida nesse jogo para conseguir o resultado positivo. Estamos jogando com vontade, raça e técnica. Acredito que tenha faltado um pouco de sorte", completou Osvaldo, ao comentar as outras partidas disputadas pelo São Paulo nesta Libertadores.

Osvaldo já marcou três gols pelo time tricolor nesta edição da competição continental e terá papel fundamental para a equipe nesta quarta, pois mais uma vez o clube não poderá contar com o artilheiro Luis Fabiano, que segue cumprindo suspensão aplicada pela Conmebol, além de Jadson, também suspenso.

E Osvaldo chegou a dizer nesta segunda-feira até que está disposto a se machucar, se for preciso, para ajudar o São Paulo a seguir em frente na Libertadores. "Esse será o jogo mais importante da minha carreira. O pensamento é positivo e o torcedor pode ir ao estádio confiante. Se depender de romper o ligamento pelo São Paulo, romperei", assegurou.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.