Oswaldo ainda não definiu ataque titular do Botafogo

Time botafoguense encara o Flamengo por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil

AE, Agência Estado

21 de outubro de 2013 | 19h48

RIO - Com alguns jogadores importantes lesionados há algum tempo, o técnico Oswaldo de Oliveira poupou vários titulares no clássico com o Vasco, domingo, para que o Botafogo encare o Flamengo, nesta quarta-feira, por uma vaga na semifinal da Copa do Brasil, com o que tem de melhor no momento. Um dia após o empate por 2 a 2 com o Vasco, Seedorf e companhia treinaram no campo anexo do Engenhão, descansados pela folga no fim de semana e com muita disposição, mesmo sob o sol forte da tarde desta segunda-feira no Rio.

A decisão de jogar a partida pelo Brasileirão com time misto evitou desgaste e lesão, mas não resolveu um problema que Oswaldo de Oliveira carrega para o duelo decisivo com o Flamengo. No confronto com o Vasco, o treinador botafoguense testou Sassá como centroavante, posição que está carente de um homem consistente desde a lesão sofrida por Elias, há duas semanas. Antes, ele já havia experimentado Bruno Mendes, Henrique e Alex no setor. Mas nenhum deles conseguiu fazer um gol sequer.

Na atividade desta segunda-feira, Oswaldo de Oliveira formou duas equipes com apenas nove jogadores de cada lado. Na que seria a titular, usou Henrique na função de centroavante. Mas a definição de um nome só deverá surgir após o treino desta terça. No jogo de ida com o Flamengo, há quase um mês, houve empate por 1 a 1. Por ser um clássico carioca, o gol fora de casa não tem peso. Assim, quem vencer nesta quarta-feira avança. A procura por ingressos por parte de torcedores botafoguenses nesta segunda, primeiro dia de venda em pontos físicos, foi muito fraca.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogo

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.