Celio Messias
Celio Messias

Oswaldo aprova parceria entre Gabriel e Arouca no Palmeiras

Dupla fez a 1ª partida neste sábado, na vitória sobre o Capivariano

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

28 de fevereiro de 2015 | 21h32

Uma das novidades do Palmeiras na vitória por 2 a 0 sobre o Capivariano foi a parceria entre Gabriel e Arouca na troca de posição no meio de campo. Os dois intercalavam entre a primeira e a segunda posição de volante e, embora tenha sido apenas o primeiro jogo dos dois juntos, o técnico Oswaldo de Oliveira gostou do que viu no Allianz Parque.

"Eles precisam se conhecer bem ainda, mas fizeram com autoridade isso (troca de posição). Eles alternando a saída de bola foi salutar para a equipe e dificulta a marcação do adversário, pois ele nunca vai saber em quem focar a marcação. Não dá para marcar só um jogador", analisou o treinador, claramente satisfeito com a boa atuação da equipe alviverde.

Em relação especificamente a Arouca, o treinador gostou da atuação do volante, mas alertou que a condição física dele ainda não é das melhores. "Como ele tinha bastante tempo sem jogar, eu imaginei que ele iria ''afogar'' (cansar) no segundo tempo e eu estava atento a isso. E, como precisávamos dar agilidade ao time, resolvi voltar ao esquema que estava antes", explicou o comandante palmeirense, que colocou Alan Patrick no lugar de Arouca.

A ideia de Oswaldo é repetir praticamente a mesma formação que derrotou o Capivariano para a partida contra o Vitória da Conquista, quarta-feira, pela Copa do Brasil. A única alteração é a saída de Zé Roberto, que deve fazer uma cirurgia na boca. João Paulo e Victor Luis disputam a posição. O elenco do Palmeiras folga no domingo e a reapresentação acontece na segunda-feira pela manhã, na Academia de Futebol.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.