José Patrício/Estadão
José Patrício/Estadão

Oswaldo avisa que deve poupar Zé Roberto em alguns jogos

A ausência do lateral-esquerdo Zé Roberto do time titular do Palmeiras contra a Ponte Preta causou estranheza para muitos torcedores, já que o experiente jogador estreou bem na partida contra o Audax, no último sábado. O técnico Oswaldo de Oliveira revelou o motivo da saída do jogador. A ideia é poupá-lo de algumas partidas para evitar o desgaste excessivo.

DANIEL BATISTA, O Estado de S. Paulo

06 de fevereiro de 2015 | 15h48

"Ele tem 40 anos. Sempre que for possível, ele vai atuar semanalmente. A minha ideia é desenvolver a ponto dele conseguir render o máximo que ele puder e dentro das reais possibilidades. Se, em início de temporada, a gente expõe demais o jogador, ele não consegue mais render. Ele é um jogador importante, mas que a gente precisa tratar de uma forma especial", analisou o treinador.

O pensamento do técnico é de utilizar Zé Roberto em dois jogos na semana apenas somente em casos muito especiais, como duas partidas decisivas. Entretanto, o jogador garante que tem condições de atuar normalmente em jogos de quarta-feira e domingo.

"Conversei com o Oswaldo sobre isso, porque tivemos uma pré-temporada forte. Isso faz parte do meu cotidiano. Treinar forte e me preparar sempre para jogar. Eu falei para ele que nunca tive nenhum problema de jogar quarta e domingo. Então, a questão de ser poupado cabe ao professor. Sempre vou treinar para jogar e procurar dar o meu máximo e estou apto para isso. Sobre jogar todos os jogos, cabe ao Oswaldo", avisou o lateral, que volta ao time neste domingo, no clássico com o Corinthians, no Allianz Parque, pela terceira rodada do Campeonato Paulista.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.