Gilvan de Souza/ Divulgação
Gilvan de Souza/ Divulgação

Oswaldo celebra vitória na estreia e vê Flamengo 'em evolução'

'Tem que entrosar para ter desempenho mais coeso', projeta técnico

Estadão Conteúdo

24 de agosto de 2015 | 09h33

O técnico Oswaldo de Oliveira estreou com o pé direito no Flamengo. Na tarde do último domingo, viu sua equipe jogar bem e vencer o São Paulo por 2 a 1, de virada, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O treinador celebrou o resultado, mas minimizou o impacto de sua chegada ao tratar a evolução de seus comandados como natural.

"O time do Flamengo é uma equipe em evolução, já vinha melhorando bastante taticamente com o Cristóvão e temos que dar continuidade. Uma equipe em formação, que recebeu vários jogadores. E isso sempre se torna algo que você tem que melhorar, tem que entrosar melhor os jogadores para que haja um desempenho mais coeso, mais firme. Porque à medida que você vence esses jogos, os jogadores vão ficando mais confiantes naquilo que vamos falando. Acredito que demos espaço para melhorar, mas acho que a resposta de hoje foi muito boa", declarou após o apito final.

Foi o primeiro jogo de Oswaldo neste retorno ao Flamengo, substituindo Cristóvão Borges. Apesar do susto inicial, com o gol de Luiz Eduardo, o time carioca teve paciência e virou com Ederson e Guerrero. Em ambos os lances, aproveitando falhas gritantes da defesa tricolor.

"A gente percebeu. A defesa do São Paulo joga com a linha bem alta e nós tivemos algumas bolas. Uma dessas, acho que vocês vão lembrar, que o Márcio Araújo dominou e precipitou o passe para o Guerrero. Em que pese que tenham a segunda linha alta, nós estávamos conseguindo ganhar a bola e trabalhar com ela, dando sequência. Inclusive, não tinha pensado no Guerrero, mas no Everton e no Ederson pelos lados. Mas acabou sendo o Guerrero, com três chances consecutivas acabou fazendo no terceiro", comentou.

O novo técnico ainda prometeu a busca por uma equipe ofensiva. "Independente do treinador, essa é uma busca que todos os times fazem. O Flamengo vem buscando isso também. A marca do Flamengo é a marca de um time aguerrido, que busca o ataque, que vai para cima dos adversários construindo as vitórias por ter essa marca e atraindo jogadores que completem um time assim. Vamos continuar insistindo no que já vinha sendo feito."

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.