Oswaldo confia em reação do Flamengo

O técnico do Flamengo, Oswaldo de Oliveira, tem procurado motivar os jogadores no período em que o clube está treinando em Águas de Lindóia, no interior de São Paulo. O treinador acredita numa reação no segundo turno do Campeonato Brasileiro e chegou a comparar o atual momento do time com o de 1992, quando o Rubro-Negro estava desacreditado e acabou campeão brasileiro. "A equipe está precisando de motivação e os jogadores têm reagido bem. Em 1992, o Flamengo foi dado como morto e conquistou o título", afirmou Oswaldo. "A fórmula de disputa era outra, mas o que vale é a reação." Ele ressaltou que o Rubro-Negro ainda tem 24 jogos a disputar e que vai fazer de tudo para conseguir se aproximar dos líderes. "Sabemos que é difícil, porém não vamos desistir", disse. No treino de hoje, o atacante Edílson atuou entre os titulares. O jogador deve voltar ao time na partida contra a Ponte Preta, domingo. A outra vaga do ataque é disputada por Jean, Fernando Baiano e Zé Carlos.

Agencia Estado,

30 de julho de 2003 | 18h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.