Ricardo Saibun/Divulgação
Ricardo Saibun/Divulgação

Oswaldo de Oliveira celebra semana livre para treinar

Para técnico do Santos, equipe precisa de alguns ajustes para a próxima fase do Paulistão

Sanches Filho , O Estado de S. Paulo

11 de março de 2014 | 05h12

SANTOS - O Santos tem a melhor campanha do Campeonato Paulista e vem fazendo muitos gols, mas Oswaldo de Oliveira não vê motivo para empolgação. Ele diz que o time precisa de ajustes e que, por isso, esta semana cheia para treinar (a equipe não joga pela Copa do Brasil) será muito útil.

"O Santos está amadurecendo, mas ainda não está pronto. Temos de melhorar. Ao longo da semana vamos corrigir erros ensaiar situações de jogo e melhorar para as fases decisivas."

O que preocupa Oswaldo é que em alguns jogos o time teve momentos de desequilíbrio antes de fazer o primeiro gol, até contra adversários mais fracos. Foi assim, por exemplo, diante do Bragantino (vitória por 5 a 0) na Vila Belmiro. O adversário teve o zagueiro Yago expulso aos 22 minutos do primeiro tempo, mas a equipe só deslanchou na segunda etapa.

Contra o Penapolense, em Penápolis, o time se perdeu depois da expulsão de Gustavo Henrique e foi goleado por 4 a 1. Outra partida que o técnico tem como referência é a contra o São Paulo. O ataque não funcionou diante de uma defesa bem montada.

O desafio de Oswaldo é fazer com que os garotos passem a se aplicar na marcação durante os 90 minutos, sem se preocupar apenas em fazer gol.

À exceção do gol de Leandro Damião, aos 20 minutos, o Santos foi um time lento e com muitos erros de passe durante o primeiro tempo contra o Oeste.

Domingo, contra o Rio Claro, Aranha e Geuvânio voltarão ao time – cumpriram suspensão diante do Oeste.

Os desfalques serão Neto e Thiago Ribeiro, que forçaram o terceiro cartão amarelo para não correrem o risco de ficar fora da partida contra o Palmeiras na última rodada.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCOswaldo de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.