Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE
Bruno Cantini/Divulgação
Bruno Cantini/Divulgação

Oswaldo de Oliveira vê 'genialidade' de Ronaldinho fazer diferença

Em ótima fase no Atlético-MG, craque recebe créditos pela vitória sobre o Botafogo neste domingo

AE, Agência Estado

20 de agosto de 2012 | 08h57

BELO HORIZONTE - Depois de o Botafogo cair por 3 a 2 diante do Atlético-MG, no último domingo, em Belo Horizonte, o técnico Oswaldo de Oliveira creditou a vitória do time atleticano à "genialidade" de Ronaldinho Gaúcho. O craque participou das jogadas dos dois primeiros gols da equipe da casa, sendo que no primeiro deles deu um lindo lançamento para Jô, em lance ofensivo que acabou sendo completado por Escudero para as redes.

"Essa jogada brilhante do Ronaldinho foi o que desequilibrou. Nossos grandes jogadores também fizeram uma grande partida, mas aquele foi um lance de genialidade. Conseguimos nos igualar e muitas vezes superar o líder. Tivemos o completo domínio da partida no primeiro tempo, mas venceu o jogo quem errou menos e aproveitou melhor as oportunidades", afirmou o comandante.

Com o resultado deste domingo, o Botafogo ficou estacionado nos 27 pontos, agora na sétima posição do Campeonato Brasileiro, e viu o Atlético-MG chegar aos 42 na liderança isolada da competição. Oswaldo de Oliveira, porém, exibiu otimismo ao falar das chances de o time carioca brigar pelo título nacional no segundo turno.

"Essa (distância aberta pelo líder) é nossa maior preocupação, porque sabemos que nossa equipe vai reagir e conseguir fazer grandes jogos. Essa distância é grande, mas não é intransponível. Ainda há 20 jogos a serem disputados e podemos chegar", completou.

Após ser derrotado pelo Atlético-MG, o Botafogo voltará a campo nesta quarta-feira, contra o Palmeiras, às 22 horas, no Engenhão, pela Copa Sul-Americana. Em seguida, o time fechará a sua participação no primeiro turno do Brasileirão no próximo domingo, no clássico contra o Flamengo, às 16 horas, novamente no Engenhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.