Informação para você ler, ouvir, assistir, dialogar e compartilhar!
Estadão Digital
Apenas R$99,90/ano
APENAS R$99,90/ANO APROVEITE

Oswaldo diz que Botafogo não pode relaxar após goleada

Oswaldo de Oliveira cobrou atenção ao time do Botafogo, nesta sexta-feira, na véspera da partida contra o Bonsucesso, no Engenhão. O técnico está preocupado com um eventual relaxamento do time após a goleada de 5 a 0 sobre o Olaria, na quarta.

AE, Agência Estado

10 de fevereiro de 2012 | 19h21

"Quando você está submetido a um alto nível de estresse e consegue superar alguma dificuldade, a tendência é relaxar depois", comentou o treinador. "Temos que evitar o estado de relaxamento. Temos que estar entre o relaxamento e o estresse, ou seja, num estado de alerta".

Na avaliação de Oswaldo, a goleada não pode mascarar a dificuldade que o Botafogo vem enfrentando na Taça Guanabara, o primeiro turno do Campeonato Carioca. "Vamos encarar esse jogo com a maior seriedade. Nós temos acompanhado o Bonsucesso. É um time que tem feito partidas muito boas. Temos que continuar avançando na competição e selar nossa classificação para as semifinais", cobrou.

Para o jogo deste sábado, Oswaldo ainda não sabe se poderá contar com Andrezinho, com dores musculares na coxa esquerda. Felipe Menezes e Herrera são as opções do treinador. O Botafogo deverá entrar em campo com: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Márcio Azevedo; Marcelo Mattos, Renato, Elkeson, Felipe Menezes (Herrera) e Maicosuel; Loco Abreu.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogoOswaldo de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.