Satiro Sodré/Divulgação
Satiro Sodré/Divulgação

Oswaldo diz que quer apagar trabalho ruim no Santos

Treinador será apresentado oficialmente na Vila Belmiro nesta quarta-feira

AE, Agência Estado

07 de janeiro de 2014 | 19h17

SANTOS - Oswaldo de Oliveira está de volta a Santos. Nesta quarta-feira o treinador será apresentado oficialmente como comandante do time alvinegro em 2014, mas já nesta terça o treinador falou sobre a chegada à Vila Belmiro. Em entrevista ao canal de vídeo do clube na internet, Oswaldo disse que quer deixar uma impressão diferente daquela deixada em 2005, quando treinou o clube por curto período.

"Tenho uma vontade muito grande de corrigir aquilo que ficou para trás em 2005, que não tive a oportunidade de completar da maneira que eu gostaria. Estou agarrando com unhas e dentes e com muita vontade de conseguir fazer o Santos um time vitorioso. O lugar do Santos é esse, é no topo do pódio. Espero poder contribuir para que isso aconteça", comentou o treinador.

Oswaldo passou pela Vila Belmiro pela primeira vez em 1997, como auxiliar técnico de Vanderlei Luxemburgo. Ele voltou ao clube em 2005, já como treinador, mas trabalhou apenas em 16 partidas no início do ano antes de ser demitido. Agora, comemora a chance de voltar à Baixada.

"Estou muito feliz de estar voltando ao Santos, pela terceira vez. Ao Santos e à cidade de Santos. Aos amigos que eu deixei aqui e vou reencontrar. É um momento único na minha vida, além do orgulho de trabalhar nesse time, nessa equipe, que tenho um carinho especial. Voltar a essa cidade também para mim é uma coisa muito representativa", destacou Oswaldo.

Ele promete dar continuidade ao trabalhos dos treinadores que o antecederam. "Nós temos de dar consistência ao que já vem sendo desenvolvido por Muricy e Claudinei. Eu vou procurar dar continuidade a esse trabalho, essa dedicação da diretoria do Santos. Tentar levar em frente e conseguir realizar todos os objetivos."

Tudo o que sabemos sobre:
futebolSantos FCOswaldo de Oliveira

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.