Frank Augstein/AP
Frank Augstein/AP

Oswaldo é 'esquecido' e Japão contrata técnico da Argélia na Copa

Treinador do Palmeiras era cotado, mas Vahid Halilhodzic acerta

Estadão Conteúdo

05 Março 2015 | 09h53

O palmeirense pode ficar mais calmo, pois Oswaldo de Oliveira não trocará o clube pelo comando da seleção japonesa, como chegou a ser ventilado nos últimos dias. A Associação Japonesa de Futebol (JFA) encerrou o mistério nesta quinta-feira e confirmou a contratação de Vahid Halilhodzic como novo técnico da seleção do país. Ele chega para a vaga de Javier Aguirre, demitido no início de fevereiro.

O bósnio Vahid Halilhodzic foi contratado depois do grande trabalho realizado à frente da Argélia. Ele levou o país africano a uma inédita classificação às oitavas de final na Copa do Mundo no Brasil, na qual só foi derrotado pela campeã Alemanha na prorrogação. Nenhuma das partes confirmou, mas a imprensa japonesa noticiou que o treinador receberá US$ 2,2 milhões (R$ 6,5 milhões) por ano.

Halilhodzic chega ao Japão após a polêmica demissão de Javier Aguirre. Ele deixou a seleção japonesa porque está sendo acusado de envolvimento em um escândalo de manipulação de resultados na Espanha, em um jogo entre Zaragoza e Levante em 2011. Como foi indiciado e terá que responder a um processo, a JFA preferiu dispensá-lo, após somente seis meses de trabalho.

Assim, Vahid Halilhodzic assume o Japão vindo de uma decepcionante queda nas quartas de final da Copa da Ásia deste ano. O treinador tem uma vasta experiência em diversos países e já treinou times como o Raja Casablanca, o Lille e o Paris Saint-Germain, além da seleção da Costa do Marfim. Ele estava sem emprego desde que foi dispensado em novembro do Trabzonspor-TUR, após um início ruim.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.