Oswaldo: frustrado por não ter França

Bem que o técnico Oswaldo de Oliveira gostaria, mas o atacante França dificilmente terá condições físicas de atuar na segunda partida contra o Palmeiras, nesta quarta-feira no Canindé, pelo Superpaulistão. Admirador confesso do atacante, Oliveira não escondeu o desânimo no treinamento desta segunda-feira. ?Quero ter o prazer de vê-lo jogar pelo menos uma vez sob meu comando?, afirmou. ?A gente esperava que o França treinasse nesta segunda-feira, mas ele sente dores na perna quando entra em contato com bola?, disse o médico do Tricolor, José Sanches. França está afastado há quase um mês dos gramados, quando sofreu uma contusão muscular no primeiro jogo contra o Corinthians pela semifinal da Copa do Brasil. Ao contrário de França, Gabriel e Souza foram liberados nesta segunda-feira pelo departamento médico e participaram do treinamento. De acordo com alguns jogadores, a principal diferença entre o time comandado por Nelsinho Baptista e a equipe do técnico estreante foi a marcação. ?O Nelsinho também pedia para marcar, mas a gente não conseguia direito. Com a mudança de treinador, todos se empenharam?, falou o zagueiro Jean. Os atletas também ficaram insatisfeitos com a bola cinza utilizada no campeonato. ?Não dá para ver direito à noite?, falou o goleiro Roger.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.