JF Diorio/Estadão
JF Diorio/Estadão

Oswaldo ironiza possível demissão: 'Falta de criatividade'

Técnico não acredita que vá deixar o Palmeiras

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

07 de junho de 2015 | 22h09

Mais uma vez, o assunto sobre uma possível demissão do técnico Oswaldo de Oliveira é comentado no Palmeiras após mais uma derrota no Campeonato Brasileiro, desta vez, 2 a 1 para o Figueirense, em Florianópolis. Ao final da partida, o treinador mostrou desdém sobre a possibilidade de cair após mais um tropeço.

"Acho isso corriqueiro (falar de sua demissão). É até falta de criatividade. Quando a gente se prepara para isso, nos acostumamos. Talvez seja falta de assunto mesmo", ironizou o treinador, que somou seis pontos no Campeonato Brasileiro e seu time ocupa a 15ª colocação. 

O treinador ainda avisou que não se importa caso a diretoria resolva fazer mais uma reunião com os jogadores, como aconteceu após o empate sem gols com o ASA, pela Copa do Brasil. "Se eles acharem que tem motivo para isso, faremos uma nova reunião. Sem problemas", avisou. 

Sobre uma possível demissão de Oswaldo, o diretor de futebol, Alexandre Mattos, disse, na última quinta-feira, após o empate com o Internacional, que o treinador estava "100% garantido" no cargo e que não cogitava a troca, tampouco havia conversado com Marcelo Oliveira, com quem trabalhou no Cruzeiro. 

O elenco do Palmeiras volta aos treinos na terça-feira e joga no domingo, contra o Fluminense, no Allianz Parque.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.