Gilvan de Souza/Divulgação
Gilvan de Souza/Divulgação

Oswaldo lamenta Flamengo sem reação após derrota no clássico

Não tivemos capacidade de mudar a história', afirma técnico

Estadão Conteúdo

28 de setembro de 2015 | 09h25

O Flamengo saiu na frente do Vasco no clássico do último domingo, mas acabou derrotado por 2 a 1, no Maracanã, pelo Campeonato Brasileiro. O resultado irritou o técnico Oswaldo de Oliveira, que saiu de campo bastante insatisfeito com a falta de poder de reação de seus comandados.

"Há jogos que são resolvidos em detalhes. O jogo estava tendendo para nós, até para fazermos o segundo, mas em duas circunstâncias que aconteceram a favor do Vasco, as coisas se inverteram e o ânimo do jogo mudou totalmente. Essas circunstâncias poderiam ter acontecido ao nosso favor. Nós não tivemos a capacidade de reação para mudar a história que estava acontecendo", analisou.

O treinador também se irritou com a atuação do árbitro Leandro Pedro Vuaden, não tanto pelo pênalti marcado após toque de mão de Jorge, mas por uma suposta inversão de faltas. "Algumas coisas foram muito claras, como inversões de faltas. Acho que poderíamos ter tido alguma vantagem se em alguns momentos tivesse ocorrido uma decisão diferente da arbitragem", reclamou Oswaldo.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.