Cesar Greco/ Divulgação
Cesar Greco/ Divulgação

Oswaldo não vê problema em esquema tático do Palmeiras

Mesmo com críticas, técnico descarta mudanças

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

29 de maio de 2015 | 07h00

Uma das maiores críticas da torcida ao trabalho do técnico Oswaldo de Oliveira é o fato dele não variar seu esquema tático, mesmo com o time tendo dificuldades no ataque. Entretanto, o treinador já avisou que não cogita a possibilidade de mudanças, por entender que este não é o problema do Palmeiras e usa como argumento o fato da formação ter dado certo no início da temporada.

“Acho que não é uma questão de mudar sistema tático. É uma questão de voltar a se encontrar. Esses mesmos jogadores, com esse esquema, jogaram bem contra o São Paulo, Corinthians e Santos no Campeonato Paulista. Acho que não é um problema de sistema tático”, comentou o comandante palmeirense.

Sem citar nomes, Oswaldo admite que alguns atletas mudaram de postura após a perda do título do Campeonato Paulista para o Santos. “A confiança de alguns jogadores se abateram após a perda do título estadual”, confessou.

Assim, Oswaldo vai manter o seu 4-5-1 ou 4-2-3-1 com dois laterais, dois zagueiros, dois volantes que se revezam na subido ao ataque, três jogadores mais avançados (que podem ser meias ou atacantes) sendo que dois caem pelas pontas e um fica mais centralizado e um atacante mais fixo na área.

No jogo contra o ASA, Valdivia ficou centralizado no meio, Alan Patrick ficou mais pela direita, Kelvin na esquerda e Cristaldo dentro da área.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.