Oswaldo pede que Botafogo esqueça má fase do Náutico

Terceiro lugar, com 13 pontos, o Botafogo terá pela frente neste sábado, às 18h30, em São Januário, o lanterna do Campeonato Brasileiro. Com apenas quatro pontos somados em sete partidas, o Náutico vive péssimo momento, mas isso não ilude o técnico Oswaldo de Oliveira. O treinador pediu que a equipe botafoguense esqueça a situação do adversário e entre com a mesma determinação das outras partidas.

AE, Agência Estado

19 de julho de 2013 | 19h48

"O Náutico é um time que vem procurando afirmação, com novos jogadores o tempo todo, procurando um novo ciclo. No Campeonato Brasileiro, é normal equipes iniciarem mal, depois terem outra realidade. Temos que nos ater à nossa e procurar vencer o jogo, sem ignorar o adversário. A situação do Náutico não vai alterar nossa postura, para nos mantermos em posição merecida pelo que o Botafogo vem realizando no campeonato", declarou.

Para a partida, e pelos próximos três meses, o Botafogo terá o desfalque do lateral Lucas, que passou por cirurgia após fraturar o tornozelo. A aposta para seu lugar é no jovem Gilberto, de 20 anos, mas o próprio Oswaldo de Oliveira pediu calma com o jogador.

"Gilberto já atua desde o ano passado e iniciou esse ano muito bem. Nossa busca é que consiga se firmar e se manter em desenvolvimento. É um jogador mais forte, tem característica bem definida. Lucas é importantíssimo no esquema, sabe se posicionar muito bem atacando e defendendo. Estamos procurando passar isso para o Gilberto ter tranquilidade e render o que a equipe precisa", comentou.

Nesta sexta, o time carioca fez o último treino antes do confronto e deu ênfase nas jogadas de bola parada. Confirmado, vai a campo com: Jefferson, Gilberto, Bolívar, Dória e Julio Cesar; Gabriel, Renato, Lodeiro, Seedorf e Vitinho; Rafael Marques.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.