Cesar Greco/Agência Palmeiras
Cesar Greco/Agência Palmeiras

Oswaldo quer diminuir elenco do Palmeiras e atletas devem sair

Grupo tem atualmente 40 jogadores: desejo é ficar com 30

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

15 de maio de 2015 | 13h33

Desde o início do ano, o técnico Oswaldo de Oliveira avisa que não gosta de trabalhar com um elenco muito numeroso. Atualmente, para insatisfação do treinador, o plantel do Palmeiras tem 40 jogadores, contando com Fellype Gabriel, que ainda não foi confirmado, mas deve acertar sua situação em breve. Além disso, existe a possibilidade de mais jogadores chegarem para a disputa do Brasileirão. Em meio a tantos atletas, Oswaldo avisa que pretende liberar alguns para ter uma melhor dinâmica no trabalho.

"Vamos dar uma enxugada. Quero ter uns 30 jogadores de linha e mais quatro ou cinco goleiros, como temos atualmente. Quero dar uma enxugadinha no que temos", explicou o treinador. O Palmeiras treina com cinco goleiros: Fernando Prass, Aranha, Jailson, Fabio e Vinicius. E são 35 jogadores de linha, sem contar os garotos da base que treinam esporadicamente com o elenco principal.

Pelo menos por enquanto, o clube não tem planos nem propostas relevantes para negociar seus principais jogadores. Por isso, a ideia é liberar alguns que têm sido pouco aproveitados, como o lateral-esquerdo Victor Luis, o lateral-direito Ayrton e o atacante Maikon Leite. Recentemente, o Palmeiras acertou o empréstimo do volante Renato para o Joinville até o fim do Campeonato Brasileiro.

Em relação a Fellype Gabriel, o jogador fez os últimos exames médicos e aguarda resolver sua situação burocrática para assinar contrato. Como está se recuperando de lesão e fora de forma, o meia ainda deve levar alguns meses para ganhar condições de jogo.

Tudo o que sabemos sobre:
PalmeirasFutebolBrasileirão

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.