Oswaldo se diz responsável por derrota do Botafogo

O técnico Oswaldo de Oliveira assumiu a responsabilidade pela derrota do Botafogo para o Atlético-MG, no último domingo, por 3 a 2. O treinador foi muito vaiado e xingado pelos torcedores que compareceram ao Engenhão e, apesar de se negar a comentar a atitude da torcida, admitiu que deve ser cobrado.

AE, Agência Estado

26 de novembro de 2012 | 12h53

"Tem que ser assim mesmo, eu que sou o responsável pela derrota. Então eu que tenho que ser cobrado mesmo, porque sou eu que cobro também. Mas não tenho que falar nada para a torcida, não. Tenho que trabalhar para tentar melhorar", declarou.

O Botafogo saiu atrás do placar diante do Atlético-MG, conseguiu a virada e, quando vencia por 2 a 1, ficou com um jogador a mais após a expulsão de Junior Cesar. Então, o time carioca perdeu diversas chances e acabou sofrendo o empate. Depois, já com o número de atletas em campo igualado, graças ao cartão vermelho dado a Lucas Marques, permitiu que o adversário chegasse à vitória.

"Me irritou muito o resultado. A pressão para a partida não era grande para cometermos os erros que cometemos. O jogo estava em nossas mãos, tivemos várias oportunidades explorando aquilo que a equipe foi orientada a explorar, ficamos na cara do goleiro e não conseguimos fazer o gol", esbravejou Oswaldo de Oliveira.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.