Oswaldo testa time do Botafogo com três zagueiros

Oswaldo de Oliveira resolveu testar mudanças no Botafogo, na véspera do segundo jogo contra o Palmeiras, pela Copa Sul-Americana. Nesta terça-feira, o treinador mudou o esquema tático e colocou três zagueiros na equipe.

AE, Agência Estado

21 de agosto de 2012 | 15h17

"Em princípio é uma alternativa para uma situação de jogo com uma grande chance de acontecer. Aumento a estatura do time e pode ser uma situação que nos beneficie", explicou Oswaldo, que testou o 3-5-2, com os zagueiros Brinner, Antônio Carlos e Fábio Ferreira.

Antes do teste, o técnico mandou a campo a formação tradicional, no 4-4-2, com: Jefferson; Lucas, Antônio Carlos, Fábio Ferreira e Lima; Renato, Andrezinho, Lodeiro, Seedorf; Rafael Marques.

Elkeson, que deu lugar ao reserva Rafael Marques, foi poupado da atividade em razão de dores musculares. Sua escalação só será definida de última hora. "O Elkeson é uma questão em andamento. Só na quarta-feira terei uma resposta sobre as condições reais dele para o jogo", justificou.

Em relação ao jogo, Oswaldo voltou a pedir o apoio da torcida na busca pela virada sobre o Palmeiras, nesta quarta. "Já disse e repito, não existe time campeão sem o apoio da torcida. Se não tivermos essa situação, as coisas serão muitos mais difíceis", declarou o técnico, que tem recebido vaias da torcida nos últimos jogos do Botafogo.

Para alcançar as oitavas de final, o time carioca precisa reverter a vantagem do rival, que venceu o jogo de ida por 2 a 0. "É uma situação que já nos deparamos em inúmeras vezes e várias competições. Temos que acompanhar o andamento do jogo. Certamente o adversário vai querer aproveitar o regulamento. Temos que ficar atentos e aproveitar cada oportunidade que se apresentar", comentou.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolBotafogotreino

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.