Oswaldo vê empate justo e diz que Botafogo quer título

O técnico Oswaldo de Oliveira avaliou como justo o empate do Botafogo por 1 a 1 com o Internacional, na noite de quinta-feira, no Engenhão, pela 24ª rodada do Campeonato Brasileiro. O treinador reconheceu que o time teve dificuldades para superar a marcação do adversário e exaltou as entradas de Cididnho, autor do gol de empate, Sassá e Jeferson durante a etapa final.

AE, Agência Estado

14 de setembro de 2012 | 08h25

"Os meninos foram bem, tiveram força. Arrancaram um empate, o que era difícil àquela altura. Levando em consideração o que aconteceu o resultado foi justo", disse Oswaldo. "Foi um jogo muito disputado. O time do Internacional é forte e veio com uma marcação muito intensa, principal no meio-campo. Nossos laterais também estiveram bem marcados", completou.

O empate deixou o Botafogo com 38 pontos, em quinto lugar no Campeonato Brasileiro. Apesar do líder Fluminense somar 53 pontos, o treinador garantiu que o objetivo do seu time é conquistar o título nacional. "São 42 pontos em disputa. É muito ponto ainda. O Botafogo continua na briga. Continuamos pensando em ganhar o título. É meu pensamento e dos nossos jogadores", disse.

Depois de ter a série de três vitórias interrompida, o Botafogo volta a entrar em campo no próximo domingo, quando vai enfrentar a Ponte Preta, às 18h30, em duelo válido pela 25ª rodada.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.