Otimismo toma conta do São Paulo

O otimismo tomou conta do São Paulo após a vitória por 5 a 0 sobre a Portuguesa Santista e, para o diretor de futebol do São Paulo, Carlos Augusto Barros e Silva, o Campeonato Paulista está ganho. "No que depender da minha vontade, o adversário na final, seja Palmeiras ou Corinthians, vai ser vice-campeão", disse o dirigente, otimista. O técnico Oswaldo de Oliveira e os jogadores, no entanto, preferiram uma atitude mais comedida quanto à final do Estadual, apesar da grande vantagem que terá no segundo jogo da semifinal, domingo. "Cada um sabe o que diz, mas tenho opinião diferente. Se o São Paulo eliminar a Portuguesa Santista, e as chances são muito grandes (o time teria de perder por 5 a 0 para ficar sem a vaga), nosso time vai lutar muito para conquistar o título contra Palmeiras ou Corinthians", disse o treinador, que conseguiu solucionar as dificuldades de ordem tática do jogo anterior contra o time da Baixada Santista. Cabeça feita - Mas após a vitória da noite anterior, ficou impossível conter a animação dos jogadores. A fisionomia acabrunhada de Luís Fabiano há alguns jogos, depois de ser expulso por dizer um palavrão e posteriormente multado pela diretoria do São Paulo, foi substituída por um sorriso aberto após os três gols contra a Santista. "Agora dá para pensar na artilharia do campeonato", diz o jogador, que soma cinco gols, a mesma quantidade do meia Kaká e dois a menos que os líderes Rico, da Santista, e Ricardo Oliveira, do Santos. O segredo para a recuperação rápida? A ajuda de uma terapeuta, que tem auxiliado no controle de suas emoções. "Acho que isso está tendo reflexo direto no meu trabalho", disse o jogador, que faz sessões uma vez por semana. "Todo mundo tem de procurar ajuda quando precisa", recomendou Luís Fabiano, que, no entanto, não quis revelar o nome da psicóloga que o tem auxiliado. Com as emoções sob controle, o centroavante espera que a marcação das arbitragens diminua com o tempo. "Isso já está acontecendo." Para o segundo jogo contra a Santista, o São Paulo terá duas alterações. O meia Ricardinho e o volante Fábio Simplício, suspensos pelo terceiro cartão amarelo, serão substituídos respectivamente por Adriano e Maldonado.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.