Otimista, Venezuela espera pelo Brasil

A Venezuela acredita que pode dificultar a tarefa da seleção brasileira e até mesmo brigar por uma vaga na segunda fase do Torneio Pré-Olímpíco do Chile. Ao contrário do time de Diego, Robinho e cia., que chegou com vários dias de antecedência a Concepción, o time comandado pelo técnico Ramón Hernández fez o primeiro treino na cidade apenas na segunda-feira à tarde. Porém, o elenco está se preparando há várias semanas para a competição.Richard Paéz, treinador da seleção principal e auxiliar de Ramón Hernández na sub-23, afirmou que o principal objetivo da equipe no Pré-Olímpico será "continuar mostrando que o futebol da Venezuela está em evolução". A equipe fez vários amistosos, entre eles uma série de partidas no Brasil e terminou a preparação com um jogo diante de um combinado cubano. "O time ganhou experiência, e isso é mais importante do que os resultados", avaliou Paéz, para quem o Pré-Olímpico não será fácil para ninguém, daí a justificar o otimismo venezuelano.

Agencia Estado,

06 de janeiro de 2004 | 12h58

Encontrou algum erro? Entre em contato

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.