Montagem/Estadão
Montagem/Estadão

Ouça o podcast de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo

Quatro principais clubes do Estado se preparam para a sequência da temporada

Redação, O Estado de S.Paulo

26 de março de 2019 | 17h49

Os setoristas de Corinthians, Palmeiras, Santos e São Paulo analisam a situação dos clubes e o que espera para a sequência da temporada. Ouça o que cada um dos especialista destacaram sobre os quatro principais times do Estado de São Paulo.

Corinthians

Depois de uma fraca apresentação no jogo de ida, o Corinthians recebe a Ferroviária nesta quarta-feira, às 21h30, em Itaquera, em busca de uma vaga nas semifinais do Campeonato Paulista. O primeiro duelo terminou empatado em 1 a 1. O time de Fábio Carille avança com uma vitória simples, mas para isso terá de melhorar o futebol, especialmente do setor ofensivo.

 

Palmeiras

O Palmeiras tem planos ousados para as categorias de base. A diretoria quer construir um novo alojamento para os garotos, com o investimento de R$ 10 milhões, além de se aprimorar como potência no segmento. Após ter 31 atletas convocados para seleções brasileiras de base em 2018, o clube passou também a contratar estrangeiros para compor o elenco.

Santos

Mais um podcast na área para falar que o time voltou a mostrar um bom futebol, e deixou de lado o temor de que havia uma queda técnica iminente.

São Paulo FC

O São Paulo chega ao jogo de quarta-feira, às 19h15, no Estádio Novelli Júnior, contra o Ituano, pelas quartas de final do Campeonato Paulista, em boa situação. Após vitória por 2 a 1 no primeiro confronto, no Morumbi, o Tricolor precisa de apenas um empate no interior para se manter vivo no Estadual. Mais uma vez, o São Paulo aposta na garotada formada nas categorias de base: Antony, Luan, Igor Gomes e Liziero devem comandar a equipe rumo às semifinais.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.