Marcus Brandt/EFE
Marcus Brandt/EFE

Özil considera força da Itália a surpresa da Eurocopa

Meia alemão disse que adversários da semifinal da Eurocopa, na quinta-feira, têm equipe compacta e forte

estadão.com.br,

25 de junho de 2012 | 17h39

GDANSK - A Eurocopa inicia na quarta-feira as suas semifinais sem nenhuma surpresa. As três equipes que apresentaram o melhor futebol na competição (Alemanha, Itália e Espanha) estão classificadas, assim como aquela que tem o mais forte europeu concorrente ao posto de melhor do mundo: Portugal de Cristiano Ronaldo.

Destas, quem apresenta o futebol mais surpreendente é a Itália, como avalia o alemão Mesut Özil, adversário das semifinais. "A Itália está surpreendentemente forte. Você também pode ver pelo jogo muito bom que eles fizeram contra a campeã mundial Espanha. Eu acho que eles merecem estar nas semifinais. A equipe deles é compacta, muito forte, mas, em geral, olhamos apenas para nós mesmos. Se jogarmos como podemos, estou convencido de que vamos vencer a Itália", apostou o jogador que é o motor do meio-campo da Alemanha.

Em entrevista coletiva nesta segunda-feira, Özil mostrou que tem plena consciência da capacidade da Alemanha, time que, até aqui, apresentou o futebol mais convincente desta Eurocopa.

"Nós sabíamos desde antes do torneio que tínhamos uma equipe forte. Nós acreditamos em nós mesmos e o objetivo é voltar para a Alemanha com o título. É por isso que estamos aqui e eu estou convencido de que podemos fazê-lo", afirmou um seguro Özil.

Para avançar à final, porém, a Alemanha terá que quebrar um incômodo tabu. Já foram oito encontros eliminatórias contra a Itália em torneios importantes. E os italianos venceram todos.

Tudo o que sabemos sobre:
futebolAlemanhaItáliaEurocopa

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.