Rubens Chiri/São Paulo FC
Rubens Chiri/São Paulo FC

Pablo poderá ser a novidade do São Paulo contra o River Plate na quinta-feira

Atacante treinou, nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda, e aparentou estar recuperado de uma contusão no abdômen

Redação, Estadão Conteúdo

14 de setembro de 2020 | 21h26

Pablo poderá ser a novidade do São Paulo, quinta-feira, às 19 horas, diante do River Plate, no Morumbi, em duelo válido pela Copa Libertadores da América. O atacante treinou, nesta segunda-feira, no CT da Barra Funda, e aparentou estar recuperado de uma contusão no abdômen.

Se o técnico Fernando Diniz poderá contar com um reforço importante para o setor ofensivo, o mesmo não vai acontecer com Daniel Alves, Liziero, Walce e Rojas (todos machucados) e Luciano, que cumpre suspensão de três jogos recebida quando ainda era jogador do Grêmio.

Aliás, Luciano foi um dos quatro jogadores inscritos pelo São Paulo na principal competição sul-americana depois da parada por causa da pandemia. Os outros são Paulinho Boia, Walce e Gonzalo Carneiro. Eles entram no lugar de Alexandre Pato, Everton, Antony e Anderson Martins.

Um time provável para Fernando Diniz colocar em campo poderá formar com: Tiago Volpi, Igor Vinicius, Diego, Léo e Reinaldo; Tchê Tchê, Gabriel Sara, Hernanes e Igor Gomes; Vitor Bueno e Paulinho Boia (Pablo).

O São Paulo está no Grupo D da Libertadores, no qual todos os times somam três pontos, após duas partidas. O time do Morumbi só fica atrás dos argentinos no saldo de gols (5 a 2). A LDU, do Equador, tem saldo zero, enquanto o Binacional, do Peru, acumula saldo negativo de menos sete gols.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.