Hussein Malla/AP
Hussein Malla/AP

Pachuca vence nos pênaltis e é quinto no Mundial de Clubes

Time mexicano bateu o Al-Wahda por 4 a 2 no desempate, após 2 a 2 no tempo normal

AE, Agência Estado

15 de dezembro de 2010 | 14h47

ABU DABI - O Pachuca venceu o Al-Wahda por 4 a 2 nos pênaltis, após empate por 2 a 2 no tempo normal, nesta quarta-feira, em Abu Dabi. Com o resultado, a equipe mexicana ficou com a quinta colocação no Mundial de Clubes, enquanto os donos da casa terminaram a competição em sexto.

Veja também:

link Inter de Milão vence fácil o Seongnam e vai à final

MUNDIAL DE CLUBES - tabelaCalendário/Resultados

O time dos Emirados Árabes teve tudo para conquistar a vitória. Saiu na frente no primeiro tempo, aos 44 minutos, com o atacante Ismaeil Matar. Na segunda etapa conseguiu segurar bem a pressão até os 27 minutos, quando Hamdan derrubou Arizala na área. O árbitro marcou pênalti e expulsou o jogador. No entanto, Benitez bateu mal e perdeu.

Mesmo com um a menos, o Al-Wahda ganhou ânimo com o pênalti perdido pelo adversário e começou a incomodar mais os mexicanos. Tanto que, aos 32 minutos, Mahmoud ampliou o placar.

Logo após o gol, o técnico Pablo Marini fez a alteração que mudou a história do confronto: colocou o atacante argentino Cvitanich no lugar de Martinez. Cinco minutos após sua entrada, o jogador diminuiu a diferença: 2 a 1.

A partir deste momento, a pressão mexicana cresceu e o time árabe se resumia a subidas esporádicas em contra-ataques. Até que aos 44 minutos, o mesmo Cvitanich marcou mais um, deixou tudo igual no marcador, e levou a decisão para os pênaltis.

As duas equipes converteram suas primeiras duas cobranças. No terceiro chute, Mustafa converteu para o Pachuca, enquanto Abdulraheem perdeu para o Al-Wahda. No quarto tiro, Luna marcou mais um para os mexicanos, enquanto Diarra perdeu e selou o resultado final das penalidades em 4 a 2.

PACHUCA - 2Miguel Calero; Javier Muñoz, Leobardo López e Paul Aguilar (Juan Carlos Rojas); Braulio Luna, Luis Montes, Raúl Martínez (Darío Cvitanich), José Torres, Damián Manso; Franco Arizala e Hercules Gómez (Edgar Benítez m.62). Técnico: Pablo Marini

AL-WAHDA - 2 - Adel Al Hosani; Basher Saeed, Yaqoub Al Hosani, Eisa Ahmed e Fahed Masoud (Mohamed Al Shehhi); Hamdan Al Kamali, Hugo Assis, Abdulraheem Jumaa e Mahmoud Al Hammadi; Saeed Al Kathiri (Modibi Diarra) e Ismaeil Matar (Omar Ahmed). Técnico: Josef Hickersberger.

Gols - Ismaeil Matar, aos 44 minutos do primeiro tempo; Mahmoud Al Hammadi, aos 31, Darío Cvitanich, aos 36, e Darío Cvitanich, aos 44 minutos do segundo tempo; Árbitro - Daniel Bennet (África do Sul); Cartões amarelos - Paul Aguilar (Pachuca), Fahed Masoud e Mohamed Al Shehhi (Al Wadha); Cartão vermelho - Hamdan Al Kamali (Al-Wahda); Local - Estádio Zayed Sports City, em Abu Dabi(Emirados Árabes Unidos).

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.