Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians
Daniel Augusto Jr|Agência Corinthians

Paciência é o segredo do Corinthians para encarar o Audax

Pablo espera que a equipe consiga neutralizar o bom toque de bola do adversário

Daniel Batista, O Estado de S.Paulo

16 Fevereiro 2017 | 17h15

O Audax foi vice-campeão no ano passado e já derrotou o São Paulo por 4 a 2 nesta temporada. O retrospecto faz com que o Corinthians tenha um grande respeito contra o adversário deste sábado e tenta, pelo menos na teoria, saber como superá-lo. Um dos segredos deve ser a paciência para administrar o estilo peculiar de jogo dos comandados de Fernando Diniz.

"Sabemos que o Audax vai tocar muito a bola, sem dar chutão e não vai mudar muito do que fez ano passado, até porque é o mesmo técnico e a mesma filosofia. Vamos ter que saber lidar com isso, porque eles querem que o adversário suba muito. O tempo vai ajudar nosso time a encarar", disse Pablo, que embora não fizesse parte do Corinthians no ano passado, admite um sentimento de revanche entre os atletas. "Sempre tem (clima de revanche, porque perdemos deles no ano passado e agora temos a oportunidade de jogar com eles novamente", assegurou. 

Autor do gol da vitória sobre o Novorizontino, o defensor espera que a equipe consiga, de fato, manter os nervos no lugar e anular as investidas da equipe de Fernando Diniz. "A gente sabe como o Audax joga, pois é uma equipe qualificada, que trabalha muito a bola. Temos que entrar conscientes e saber neutralizar os toques deles. Fazendo um jogo bem concentrado, vamos entrar mais fortes para encarar o Palmeiras", destacou Pablo, já lembrando do jogo seguinte, que será o clássico contra o rival alviverde, na quarta-feira que vem.

O Corinthians se reapresentou na tarde desta quinta-feira e na sexta-feira pela manhã, realiza o último treinamento antes da partida contra o Audax. Existe a possibilidade do técnico Fábio Carille poupar alguns jogadores, por desgaste físico.

Mais conteúdo sobre:
Corinthians

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.