Bruno Cantini/Divulgação - 22/08/2011
Bruno Cantini/Divulgação - 22/08/2011

Pacotão não vai sair de graça para o Palmeiras

Plano era contratar três reforços sem pagar nada, mas clubes cobram recompensa

Daniel Akstein Batista , Estadão

23 de agosto de 2011 | 08h23

SÃO PAULO - Bastante insatisfeito com o setor ofensivo do Palmeiras, que amarga jejum de seis partidas sem vitórias, Luiz Felipe Scolari avisou domingo, após empate com o São Paulo, que três jogadores devem chegar ao clube nesta semana. A contratação do trio, porém, não está fácil de ser definida. Sem dinheiro em caixa, o Palmeiras não quer pagar nada pelos jogadores. Ocorre que clubes envolvidos nas negociações exigem alguma recompensa financeira.

Ricardo Bueno ainda resolve uma pendência com o Atlético-MG, e Criciúma e Guarani não querem liberar de graça Pedro Carmona e Fernandão, respectivamente.

Ricardo Bueno já está fechado com o Palmeiras desde sexta-feira, mas faltam detalhes para ser anunciado oficialmente. O atacante, que chega ao Palestra a pedido do próprio Felipão, é aguardado ainda nesta semana para realizar exames médicos.

O meia Pedro Carmona, de 23 anos, ficou surpreso quando descobriu que o treinador do Palmeiras estava interessado em seu futebol - fato que irritou a diretoria do Criciúma, que nada sabia. “O Felipão falou direto com o jogador e isso não foi legal”, reclamou José Reis, gerente de futebol do Criciúma. “Não queremos prejudicar o atleta, mas colocamos algumas condições para liberá-lo.”

O meia tem contrato até novembro, mas seus direitos pertencem ao gaúcho São José. “Só queremos uma grana boa, nada absurdo”, admitiu Reis.

ATACANTE DO TOMBENSE

O caso de Carmona é parecido com o do atacante Fernandão, que pertence ao mineiro Tombense, mas que está emprestado ao Guarani até dezembro. “É o nosso único atacante, não podemos ser prejudicados nessa transferência”, disse o presidente Leonel Martins de Oliveira, querendo, claro, uma compensação financeira, o que deve ser acertado ainda hoje.

"Quem nos disse que o Palmeiras estava interessado no Fernandão foi o seu empresário. E não temos a obrigação de liberá-lo”, avisou. Eduardo Uram, procurador do atleta, não quis comentar sobre o assunto.

TREINO

O lateral-esquerdo Gabriel Silva voltou ontem ao Palmeiras, mas pode desfalcar o time na decisão de quinta-feira, quando a equipe precisa vencer o Vasco por pelo menos três gols de diferença para avançar de fase na Copa Sul-Americana. O Palmeiras perdeu o jogo de ida, no Rio, por 2 a 0.

Campeão mundial com a Seleção Brasileira Sub-20, Gabriel Silva retornou ao País com dores na coxa esquerda e nesta segunda-feira foi obrigado a fazer uma avaliação médica no clube. Nada foi detectado. Ele vai ser reavaliado novamente nesta terça-feira.

Gabriel Silva foi valorizado na campanha da Seleção Sub-20. Ele foi procurado pela Udinese, da Itália. “Eu quero ficar um pouco mais e conquistar a torcida do Palmeiras”, disse o lateral à rádio Estadão ESPN.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.