Phil Noble/Reuters
Phil Noble/Reuters

Pai de Cavani acredita que filho defenderá o Boca Juniors a partir de junho

Segundo Luis Cavani, atacante não se sente bem no Manchester United e quer voltar a ficar perto da família

EFE, O Estado de S.Paulo

10 de março de 2021 | 16h57

Luis Cavani, pai do atacante uruguaio Edinson Cavani, do Manchester United, afirmou nesta terça-feira que existe chance do filho deixar o clube inglês e jogar no Boca Juniors a partir de junho deste ano.

“Meu filho não se sente a vontade na Inglaterra e quer voltar a ficar perto da família. Edinson teve muitas conversas com Riquelme (diretor do Boca) e ele gostaria de jogar no Boca, essa ideia sempre o seduziu”, comentou Luis Cavani em entrevista ao portal Superfútbol.

"Se tivesse que dizer uma porcentagem (de chance de Cavani ir para o Boca Juniors), diria 60%. Ele já vem pensando há mais de dois anos que quer estar mais perto da família. Essa é a razão pela qual acredito, firmemente, que Edinson vai terminar jogando em uma equipe aqui da América do Sul, perto do Uruguai", disse o pai do jogador à emissora argentina de televisão TyC Sports.

Cavani tem contrato com o Manchester United até o fim da atual temporada europeia, em junho, com possibilidade de extensão. No momento, o atacante está lesionado e é um desfalque para a equipe de Solskjaer.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.