Mauro Akiin Nassor/Light Press/Cruzeiro
Mauro Akiin Nassor/Light Press/Cruzeiro

Pai de Fábio morre e goleiro desfalca Cruzeiro na estreia na Libertadores

Jogador estava na Argentina e optou por voltar ao Brasil para acompanhar o enterro e o velório

O Estado de S.Paulo

27 de fevereiro de 2018 | 12h25

Uma notícia triste abalou o Cruzeiro antes da estreia na Copa Libertadores. O clube comunicou no fim da noite de segunda-feira a morte do pai do goleiro Fábio, José Ramão de Souza Maciel. Diante da situação, ele decidiu retornar ao Brasil e não vai enfrentar nesta terça-feira o Racing, no jogo de estreia do clube mineiro na Copa Libertadores

+ Confira tabela da Libertadores

Fábio já estava na Argentina e optou por voltar ao Brasil para acompanhar o enterro e  velório do seu pai, que tinha 66 anos. "Fábio está recebendo todo o amparo e suporte necessários neste momento difícil e de extrema consternação. Ao nosso camisa 1, referência dentro e fora de campo, nossos sinceros sentimentos e um abraço fraterno", afirmou o Cruzeiro através de um comunicado oficial. 

As causas da morte do pai de Fábio, que vivia em Cassilandia, no Mato Grosso do Sul, não foram reveladas pelo clube mineiro. "O Cruzeiro Esporte Clube lamenta profundamente a notícia da morte do Sr. José Ramão de Souza Maciel, pai do nosso goleiro Fábio", acrescentou. 

Sem Fábio, o técnico Mano Menezes vai escalar Rafael como titular da meta cruzeirense no compromisso válido pela primeira rodada do Grupo 5 da Libertadores. Além disso, Lucas França, o terceiro goleiro do time viajou de última para Buenos Aires, onde vai compor o banco de reservas do Cruzeiro contra o Racing.

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

Tendências:

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.