Pai de jogador do Chelsea é libertado após sequestro

O pai do meio-campista do Chelsea John Obi Mikel foi libertado por sequestradores na Nigéria nesta segunda-feira, e a polícia disse que cinco suspeitos foram presos.

MIKE OBOH, REUTERS

22 de agosto de 2011 | 18h55

Após o sequestro de Michael Obi, em 12 de agosto, Mikel recebeu um pedido de resgate "considerável" na semana passada. Apesar do drama pessoal, Mikel jogou pelo Chelsea um dia depois de saber do sequestro e fez um apelo público pelo retorno seguro de seu pai.

"Eu estava numa área isolada em Jos (região central da Nigéria). Comecei a implorar a eles, e eles me agrediram de maneira impiedosa, me chutaram", disse Michael aos repórteres.

"Havia cinco deles e eles vestiam uniformes militares. Eles me colocaram num veículo pintado em cores militares e começaram a dirigir muito rápido. Não sabia que um veículo podia voar daquele jeito."

O representante da polícia Ibrahim Idris declarou que cinco supostos sequestradores foram presos. Ele disse que os suspeitos estavam vestidos como soldados.

Tudo o que sabemos sobre:
FUTJOGADORSEQUESTRO*

Encontrou algum erro? Entre em contato

Comentários

Os comentários são exclusivos para assinantes do Estadão.

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.