Pai de Messi reclama de especulações sobre lesão do filho

Jorge Messi diz que relação entre contusão do meia do Barça e tratamento para crescimento é 'bobagem'

Efe

13 de março de 2008 | 19h59

O pai de Lionel Messi negou nesta quinta-feira que a recente lesão no bíceps femoral da perna esquerda sofrida por seu filho esteja ligada ao tratamento para crescer feito pelo meia-atacante quando chegou ao Barcelona.  "Fiquei incomodado ao ouvir as notícias que relacionaram o tratamento à nova lesão de Messi. Até mesmo alguns profissionais falaram bobagens", disse Jorge Messi.  O pai do jogador lembrou que Messi passou por um tratamento para crescer quando tinha 12 anos - uma das razões pelas quais toda a família deixou a Argentina rumo à Espanha. "Gostaria que tivessem falado com um endocrinologista antes. Ele teria afirmado que o tratamento não tem nada a ver com as atuais lesões." Segundo um comunicado divulgado nesta quarta-feira pelo Barcelona, o jogador evolui bem da lesão muscular sofrida há nove dias e deve viajar à Argentina nas próximas horas.  Jorge Messi já falou com pessoas ligadas à seleção argentina que estariam dispostas a colaborar no processo de recuperação. O meia-atacante fará tratamento na cidade de Arroyo Seco, sua terra natal, localizada cerca de 400 quilômetros ao norte de Buenos Aires. Messi só deverá voltar aos gramados dentro de seis semanas.

Tudo o que sabemos sobre:
MessiEC Barcelona

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.